Aluguel de Ações e FIIS - omeupatrimonio.com.br

Por Egon Schneider

Aluguel de Ações e Fundos imobiliários.

Ações, ou “papéis”, como são popularmente conhecidos, são uma pequena fração do capital social de uma empresa listada, e são negociados na bolsa de valores. Existem alguns benefícios em comprar estes papéis de empresas, um deles é tornar-se sócio delas. Apesar de não existir garantia de rentabilidade, por ser um tipo de renda variável, existem possibilidades de retorno satisfatórias. Ao comprar uma ação da Petrobrás, por exemplo, existem riscos.

Os riscos de comprar ações são: liquidez e de mercado. O primeiro reflete a incapacidade de vender a ação no momento que o investidor deseja e pelo mesmo preço que ela foi adquirida, ou seja, a falta de compradores no momento da venda do ativo. Já o segundo fator de risco se explica por potencial desvalorização do ativo no mercado, o que iria acarretar um resultado negativo caso o investidor desejasse liquidar (vender) a ação. 

O princípio de um fundo imobiliário é o mesmo. É uma união de recursos financeiros investidos no mercado imobiliário, um modo de investimento em que o investidor aporta indiretamente em imóveis e não precisa se preocupar em seu aluguel, IPTU, contas, reformas ou outras adversidades que uma propriedade imobiliária teria.

Outras características positivas dos fundos imobiliários são a possibilidade de renda mensal e uma gestão profissional.

Risco x Retorno:

O risco é diretamente proporcional a possibilidade de retorno de um investimento. Se investir em ações e fundos imobiliários contam com riscos por se tratar de renda variável, também apresentam chances de retorno acima de outros investimentos.

Potencializando o retorno:

Um recurso pouco explorado pelo investidor de ações é o aluguel. Isso significa que um investidor pode deixar seus papéis disponíveis para locação e ser remunerado por isso.

Durante o aluguel, o ativo ainda pertence ao dono do papel, porém este não pode vender até que o contrato acabe, sendo remunerado para isto. No caso do recebimento de proventos, o dono das ações recebe os pagamentos, isso é uma grande vantagem para quem compra ações para longo prazo e deseja aumentar o retorno sem abrir mão dos dividendos.

Um recurso que será disponibilizado em breve é o aluguel de fundos imobiliários. Assim como nas ações é uma opção interessante para o longo prazo, assim o investidor aumentará os ganhos, apesar de ter o papel “preso” por parte do tempo.

Conclusão:

Com o recurso de aluguel de fundos imobiliários liberado, assim como aluguel de ações é atualmente, haverá maior possibilidade de retorno para o investidor que optar por deixar seus papéis disponíveis para locação. Faz sentido optar por essa estratégia quando se tem a certeza que a venda do ativo não será necessária no período em que ele permanecer alugado, assim o valor do aluguel e dos proventos se acumularão, fazendo o patrimônio do investidor aumentar.

Egon Scneider
Author

Egon S Schneider, com formação em mercado de capitais é assessor de investimentos credenciado a XP, sócio da 3P capital e focado no atendimento personalizado do mercado financeiro.

Write A Comment

Open chat
1
Posso te ajudar?
Olá, podemos te ajudar?