Como usar o cartão de crédito. - omeupatrimonio.com.br

Por Matheus Monteiro

Cartão de Crédito.

Sem dúvida há uma linha tênue entre amor e ódio, em relação a esse “objetinho” que usamos. Através dos cartões podemos emprestar dinheiro para alcançar objetivos e facilitar aquisições, diluindo em nosso orçamento mensal uma parcela do bem que adquirimos. Existem vantagens em usá-lo, porém, apenas quando há planejamento e disciplina.

Pense por exemplo em um bem que custa R$ 5000,00, e ao invés de dispor desse valor em um mês, comprometendo grande parte do orçamento, ou até a totalidade dele, há a possibilidade de dividir em 10x de R$ 500 e conseguir usar o restante dos recursos para outras responsabilidades.
Outras situações se encaixam perfeitamente, só precisaremos adaptar os valores a nossa realidade e objetivos.

Antes da empolgação bater e ficarmos felizes por esse artigo, escrito por um assessor de investimentos, trazer os benefícios e apoiar o uso do cartão de crédito, precisamos paralelamente, ligar alguns alertas:

1- Nunca parcela sua fatura, sempre a pague integralmente.

Os juros são absurdos e você irá pagar muito mais do que realmente comprou. Muitas pessoas acabam parcelado contas no cartão por acreditarem não ter outra opção, mas o cartão de crédito é o empréstimo mais caro do Brasil. Tente emprestar de um parente, crédito consignado, crédito pessoal etc. Só use se for realmente a última opção! Tente antes todas as opções citadas.

2- Resista às tentações.

Não se coloque em lugar de risco, conhecendo a si mesmo e o consumismo que habita em você. Não vá ao shopping com o cartão, esconda-o, quebre o plástico e só volte a usar quando tiver controle ou pago alguma dúvida contraída.

3- Não empreste seu cartão para ninguém

Afinal a dívida pode sobrar para você.

4- Coloque a conta em débito automático

Para não esquecer de pagar a fatura e sofrer com os juros auferidos.

5- Concentre suas compras em um único cartão

Fica mais fácil a administração.

6- Não pague contas de consumo como

Água, luz e telefone porque está sujeita ao pagamento de IOF.

Ps:

Crie uma reserva de emergência, de 6 a 9 meses dos seus gastos mensais, então haverá proteção para arcar com algum tipo de imprevisto com o cartão.
Apenas investimentos com liquidez diária servem para esse tipo de investimento.

Sendo assim, saiba tirar vantagem do empréstimo que estão lhe fazendo e não financie o lucro da instituição que te concedeu crédito. Cartão de crédito é uma benção, só precisamos usar com sabedoria, da maneira correta. Construa sua vida com o crédito que lhe concederam, mas não dê a eles seu dinheiro como prêmio, seja consciente e ótimas compras.

Matheus Monteiro
Author

Matheus Monteiro, formado em Marketing e pós graduando em Investimentos e Private Banking pelo IBMEC/InfoMoney. Assessor de investimentos no 3P Capital, escritório credenciado a XP investimentos. Descobriu no mercado financeiro uma paixão e a oportunidade de transformar a vida de muitos ao seu redor.

Write A Comment

Open chat
1
Posso te ajudar?
Olá, podemos te ajudar?